Oahu Costa Norte - Hawaii - Estados Unidos por WSL

Último dia do HIC PRO 2018

O brasileiro radicado no Hawaii, Kiron Jabour, foi o grande campeão do QS 3000 HIC Pro nesta Quarta-Feira, 31, em Sunset Beach.

Previsão de águas rasas para Sunset Beach - Oahu - HI

O último dia do HIC Pro 2018 rolou em boas condições em Sunset Beach e Kiron Jabour, que iniciou sua jornada neste evento ainda no Round 1, foi o grande nome da Quarta-Feira de Halloween em Sunset Beach. Kiron enfrentou na grande final o taitiano O'Neill Massin, que foi vice, Beyrick De Vries (3º) e Slade Prestwich (4º), todos garantidos nos eventos Tríplice Coroa Havaiana.

"Todos esses caras estavam quebrando durante todo o evento, eu realmente gostei do surf de todos", disse Jabour após a cerimônia de premiação. "O'Neill estava surfando com muito power, ele estava recebendo pontuações altas em todas baterias".

Os brasileiros Victor Bernardo e Jeronimo Vargas perderam nas oitavas, Raoni Monteiro no Round 3, Wiggolly Dantas acabou sendo eliminado no Round 1 e Alejo Muniz no Round 3. Lucas Silveira foi o que chegou mais longe, perdendo nas Quartas de Finais.

"A final foi muito apertada, todos estavam se puxando bastante na primeira metade da bateria e acabamos perdendo algumas séries por achar que ainda viriam melhores" Disse Jabour. "Mas como tinha muita onda, deu certo para mim e consegui pegar a melhor onda da bateria. No fim da bateria eu ainda precisava de outra nota pois O'Neill tinha a melhor somatória e eu fui agraciado pela mãe natureza com uma boa onda da série que meu deu condições de fazer a nota que eu precisava para virar."

Jabour tem viajado por todo o mundo essa temporada para correr os eventos QS e hoje ele finalmente conquistou a tão sonhada vitória, que aconteceu em seu quintal de casa.

"Vencer aqui em Sunset é muito especial para mim, foi aqui que eu cresci. Ganhar o HIC Pro sempre foi um sonho para mim e estou sem acreditar que consegui. Estou muito feliz e confiante pela qualificação para a Triple Crown." Disse Kiron.

Este evento além de ser a qualificação oficial, é um aquecimento de luxo para a Vans Triple Crown of Surfing, que começa com o Hawaiian Pro, entre os dias 12 e 24 de Novembro em Haleiwa Ali'i Beach Park. No ano passado, Jabour fez Semifinal no HIC Pro e Quartas de Final no Hawaiian Pro, então ele está num grande avanço e melhorando seus resultados no Havaí após a vitória de hoje.

Ao lado da vitória de Jabour, O'Neill Massin conquistou o título regional do QS Hawaii/Tahiti, sendo o primeiro Taitiano a ganhar o título desde que as regiões tiveram o ranking unificado há três anos. Com isso Massin agora ganhará vaga em todos os QS 10,000 de 2019. Ele também ganhou uma bolsa de estudos da Vans para lhe ajudar ao redor do mundo.

A maior nota do dia e segunda maior do evento - um 9,00 - ficou para Patrick Gudauskas durante o Round 3. Gudauskas chegou até a semifinal em Sunset Beach e deve continuar sólido em Haleiwa.

O foco competitivo da WSL agora vai para o primeiro evento da Vans Triple Crown of Surfing (VTCS) de 2018, o Hawaiian Pro Haleiwa, que acontece entre 12 e 24 de Novembro.

Resultados do HIC Pro 2018

Final

1º – Kiron Jabour (HAW), 14.00

2º – O’Neill Massin (PYF), 11.40

3º – Beyrick De Vries (AFS), 5.00

4º – Slade Prestwich (AFS), 3.33

Semifinal 

1º e 2º avançam; 3º = 5º, 4º = 7º

SF1: Beyrick De Vries (AFS), Kiron Jabour (HAW), Alonso Correa (PER), Luke Shepardson (HAW)

SF2: O’Neill Massin (PYF), Slade Prestwich (AFS), David Van Zyl (AFS), Patrick Gudauskas (EUA)

Quartas de final 

1º e 2º avançam; 3º = 9º, 4º = 13º

QF1: Luke Shepardson (HAW), Alonso Correa (PER), Lucas Silveira (BRA), Dusty Payne (HAW)

QF2: Kiron Jabour (HAW), Beyrick De Vries (ZAF), Cody Young (HAW), Dion Atkinson (AUS)

QF3: David Van Zyl (ZAF), Patrick Gudauskas (USA), Tanner Hendrickson (HAW), Ian Gentil (HAW)

QF4: O’Neill Massin (PYF), Slade Prestwich (ZAF), Jake Marshall (USA), Matthew McGillivray (ZAF)

Round 4

1º e 2º avançam; 3º = 17º, 4º = 25º

H1: Alonso Correa (PER), Kiron Jabour (HAW), Soli Bailey (AUS), Jackson Baker (AUS)

H2: Lucas Silveira (BRA), Cody Young (HAW), Jeronimo Vargas (BRA), Jorgann Couzinet (FRA)

H3: Dion Atkinson (AUS), Luke Shepardson (HAW), Ricardo Christie (NZL), Cooper Chapman (AUS)

H4: Beyrick De Vries (ZAF), Dusty Payne (HAW), Nat Young (USA), Jack Robinson (AUS)

H5: Tanner Hendrickson (HAW), Slade Prestwich (ZAF), Victor Bernardo (BRA), Barron Mamiya (HAW)

H6: David Van Zyl (ZAF), Matthew McGillivray (ZAF), Noe Mar McGonagle (CRI), Joshua Moniz (HAW)

H7: Jake Marshall (USA), Ian Gentil (HAW), Carlos Munoz (CRI), Ethan Ewing (AUS)

H8: O’Neill Massin (PYF), Patrick Gudauskas (USA), Benji Brand (HAW), Jack Freestone (AUS)

Round 3 

1º e 2º avançam; 3º = 33º, 4º = 49º

H13: Ethan Ewing (USA), Benji Brand (HAW), Raoni Monteiro (BRA), Mihimana Braye (PYF)

H14: Carlos Munoz (CRI), Jack Freestone (AUS), Tristan Guilbaud (FRA), Jackson Bunch (HAW)

H15: O’Neill Massin (PYF), Jake Marshall (USA), Miguel Blanco (PRT), Hiroto Ohhara (JPN)

H16: Patrick Gudauskas (USA), Ian Gentil (HAW), Kainehe Hunt (HAW), Ian Crane (USA)

Fonte: WSL

Comentários

Notícias | Mais Notícias