#competição #comunidade #educação #cultura #surf 
Vila dos Remedios - Fernando de Noronha - Brasil

Alunos da Rede Pública recebem destaques do QS em Noronha

Fábio Maradei

A passagem do Mundial de Surf pela Ilha de Fernando de Noronha também gera uma importante ação social com os alunos da única escola de Ensino Médio local.

Como ocorreu em 2019, o empresário Álfio Lagnado, diretor da Hang Loose e criador do evento, reuniu algumas estrelas do Elétron Energy apresenta Oi Hang Loose Pro Contest, no final da tarde desta quinta-feira (13) para interagirem e contarem suas experiências com os estudantes da Escola Arquipélago.

A competição está sendo realizada na Praia da Cacimba do Padre e os organizadores aproveitaram a folga nas disputas para esse encontro, que contou com o diretor de prova, Fábio Gouveia, sem dúvida um dos grandes ídolos do esporte no Brasil, seu filho Ian Gouveia, que já representou Pernambuco no Champioship Tour; Bernardo Pigmeu, também representante pernambucano; e Jessé Mendes, outro atleta que integrou a elite mundial.

Com a quadra da escola cheia, houve apresentação de música, dos jovens da Patrulha Ecomirim e a interação entre os atletas e alunos. Álfio fez questão de lembrar de ex-alunos da escola que hoje se destacam no evento, para ilustrar como essa interação é importante, chamando Marlos Amarante, hoje presidente da Associação de Surf de Fernando de Noronha, e Thor, que tem síndrome de Down e trabalha como beach marshall, o responsável por entregar as lycras de competição aos atletas.

“O Marlos quando tinha a idade de vocês ou menos ficava brincando na praia quando começamos a fazer o evento em 2000, foi se envolvendo com a organização, com o surf, hoje é o presidente da ASFN e ajuda muito a colocar esse evento de pé. Nós sempre chamamos pessoas da ilha para aprender, evoluir e no ano passado, a Associação indicou o Thor, que por conta dele incluiu no trabalho um beijo e um abraço nos atletas e foi eleito o melhor funcionário do campeonato, não atrasando um minuto”, lembrou.

Álfio destacou a importância da participação dos jovens nos esportes e agradeceu o secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amancio, o secretário executivo de Esportes, Diego Pérez, a Administração da Ilha, com Guilherme Rocha, e os patrocinadores Oi e Elétron Energy. “Sem eles o evento não aconteceria”, destacou.

“É muito legal ver essa garotada feliz, ver os ídolos deles, pessoas simples que cresceram e ganharam a vida com o surf. Muito bom essa referência para os jovens. Essa ação faz parte do evento e é importante”, reforçou Álfio, também citando a Lei de Incentivo ao Esporte, do Governo de Pernambuco. “Nos ajudou muito a colocar o evento em pé”, falou.

Para completar a festa foram sorteados cinco kits do evento e duas pranchas, uma de Ian Gouveia, e outra de Fábio Gouveia entre os alunos da escola. “O esporte é isso. Essa integração e exemplos do passado e do presente, que trilham um caminho de esperança para um futuro diferenciado. O esporte aproxima, inspira, anima e dá esperança para tantas crianças e jovens que querem um futuro melhor. E o esporte também ensina cidadania”, completou o secretário Diego Pérez.

Comentários

Galerias | Mais Galerias