#competição #surf 
Paracuru - Ceará - Brasil

Etapa final do Cearense de Surf Feminino

George Noronha

Circuito Surf Ladies 2019 – Etapa Silvana Lima com inscrições abertas até hoje, quarta-feira (18).

Previsão Surfguru de águas rasas para a Praia do Ronco do Mar - CE

Nos dias 21 e 22 de dezembro a Praia da Ronco do Mar, localizada no município de Paracuru, servirá de palco para o show das estrelas do surf feminino cearense de todas as grandezas, desde as fofuras com tenras idades abaixo de 12 anos até as mais experientes, na última etapa do Circuito Surf Ladies.

Homenageando Silvana Lima, atleta cearense e Filha de Paracuru que recentemente foi confirmada nas Olimpíadas de Tóquio 2020, o evento pretende encerrar com chave de ouro o primeiro circuito exclusivamente feminino já realizado no estado.

As categorias em disputas serão:

♀ Mini Surf Ladies (Sub12);

♀ Surf Ladies Iniciantes;

♀ Surf Ladies Intermediárias;

♀ Surf Ladies Avançadas;

♀ Surf Ladies OPEN;

♀ Surf Ladies Master;

♀ Bodyboarding Feminino OPEN;

♀ Bodyboarding Feminino PRO AM;

♀ CASADINHA (Dupla Surf + Body Board).

Critérios para a definição das categorias

Pensando no equilíbrio das disputas a organização do evento definiu critérios para a análise e inscrição em cada categoria conforme detalhamento abaixo descrito:

*Mini Surf Ladies - Até 12 anos.

*SL Iniciantes - Categoria nível escolinha. Lady entra com professor e poderá ser empurrada. Serão avaliados: extensão de onda, postura, tempo na onda, performance, tamanho da onda, etc;

*SL Intermediárias - Categoria nível escolinha. Lady entra com professor para ser auxiliada, mas não poderá ser empurrada. Para aquelas que botam na paredinha, entram na onda sozinhas, mas que ainda precisam daquele toque do professor para a leitura de onda, auxílio, etc;

*SL Avançadas - Categoria nível escolinha avançada. Lady entra sozinha e deverá arriscar manobras para uma boa pontuação.

*SL OPEN - Categoria para aquelas Ladies que já “queeebram”! É hora de ver rasgada, batida, aéreo, duplo mortal carpado e o que mais tiver no repertório!

*SL Master - Ladies acima de 35 anos.

*Bodyboarding OPEN - Categoria aberta para aquelas Ladies que estejam entre os níveis iniciantes e intermediárias. 

*Bodyboarding PRO AM - Categoria que mescla nível Profissional com amador

*Casadinha – Duplas compostas por surfistas de prancha e bodyboarders.

Premiação

A premiação segue a ideologia do evento e será composta de pranchas da Surfe Elements para as campeãs das categorias Intermediária, Avançada e Open, 1 prancha de bodyboarding da Swell Waves na Pro AM e kits com premiações voltadas 100% para o público feminino, com tratamentos estéticos da Monã, biquínis da Bibiquines, sombreiros da 3 Quilhas, peças de roupas da Aerivs Girls, Rima Rica, Foca Off, Mantenha e Marifit. Para as Mini Surf Ladies, peças de roupas da Flora Minha. E ainda teremos também pacotes de treinamento na Prosurfer Surfhouse e Trainer Core.

Inscrições e Maiores informações 

circuitosurfladies@gmail.com

Whatsapp (85) 987573133 - Joana Meireles.

Filosofia do evento

Pensado para fortalecer e valorizar o surf feminino alencarino, o Surf Ladies chega em um momento diferenciado para o surf mundial, quando a World Surf League, a maior liga de surf do planeta, pela primeira vez na história promove a equiparação de gêneros em suas premiações, isto é, iguala o valor oferecido nos circuitos masculinos e femininos profissionais, sinalizando uma tendência mundial de valorização do esporte feminino.

Homenageando Silvana Lima, a surfista cearense que estará brigando por medalha na estreia do surfe nas Olimpíadas em Tóquio 2020, o Circuito Feminino de Surfe é um projeto colaborativo que conta com o engajamento de várias meninas e é fruto desse engajamento e do desejo de ver o crescimento e a devida valorização do Surfe Feminino.

Capitaneado por Joana Meireles, Patrícia Setúbal e Ivy Costa o circuito já se configura como o maior circuito feminino de surfe já realizado no estado e tem como propósito ser um divisor de águas para a Nova Geração do Surfe Cearense que vem surgindo na esteira do sucesso de grandes nomes como Tita Tavares, Tetracampeã Brasileira de Surfe Profissional e a própria Silvana Lima, ambas campeãs mundiais do WQS.

Como nasceu o projeto

Foi realizado um mini campeonato organizado em menos de 24h, onde a premiação era a inscrição para outro campeonato que aconteceria no dia seguinte. Luzimara foi árbitra nesse “campeonato”, junto com Maurício, da Prosurfer. Caderninho na mão e sol “quente” na cabeça! Nesse dia a energia foi tamanha que deu origem ao sonho de se realizar um circuito só para mulheres. Sonho este que está se concretizando com a ajuda e envolvimento de várias meninas. No plano inicial, Luzimara seria juíza novamente. Contudo, ninguém imaginava a proporção que tudo tomaria.

Até que começaram a surgir ótimos feedbacks sobre o projeto e decidiu-se colocar a categoria que a Luzimara competia. Contudo, a atleta acabou tendo sua carreira abreviada por um trágico acidente que ceifou sua vida quando um raio a atingiu em uma sessão de treinos. Após esse fato que causou comoção em toda comunidade do surfe f

eminino cearense e brasileiro, realizar o circuito passou a ser uma questão de honra para todas as envolvidas. Uma forma de fazer com que tamanha perda não acabasse sendo em vão.

O sonho da Luzimara continua vivo no 1º Circuito Feminino de Surf do Ceará e seu legado seguirá adiante, inspirando outras meninas a acreditar no seu sonho, o sonho de ser uma surfista profissional e viver do esporte.

►A última Etapa do Circuito Surfe Ladies – Etapa Silvana Lima, conta com o Patrocínio de: Deputado Estadual Dr. Bruno Gonçalves, Surf Elements, Cilindro Sempre Surf, Devassa, Orion Audiovisual, Aerivs Girls, 3 Quilhas, Monã e Bibiquines.

►Apoio: Swell Waves, Mantenha, Pousada Paracuru Kite Village, Flora Minha, Foca Off, Marifit, Rima Rica, D'cofibras, Acrílico Design, Dra. Eveline Costa, Dr. Tarciso Sindeaux, Artesurf Camisetas, Isla Experiências ao ar livre, Aqua Soluções, Federação de Surf do Estado do Ceará, Aldeia Surf Escola, Trainer Core, Prosurfer Surfhouse, Gráfica IPIX, CDL Paracuru, Luanda Mercadinho e Mercadinho São Luiz.

►Cobertura: Orion Audiovisual, MigsClick e Ivy Costa.

►Realização: Surf Ladies, Secretaria de Esporte e Secretaria de Turismo e Meio Ambiente de Paracuru e Coletivo Sereiamor.

Comentários

Galerias | Mais Galerias