#competição #comunidade #bodyboarding 
Linhares - Espírito Santo - Brasil por Kpaloa

Uri Valadão é pentacampeão brasileiro

Pouco mais de 10 anos após último título nacional, surfista baiano consegue histórico triunfo na última etapa da competição, em Linhares, no Espírito Santo.

O tempo passou, mas Uri Valadão provou conhecer bem o caminho das vitórias. Onze anos depois do último título nacional, o baiano brilhou na temporada 2019 do Campeonato Brasileiro de Bodyboarding e conquistou pela quinta vez o título da competição. Em disputa equilibrada, ele levou a melhor na etapa de Linhares, no Espírito Santo, no último dia 10, para confirmar o triunfo.

O troféu de campeão brasileiro deste ano se junta aos de 2003, 2005, 2006 e 2008 na galeria de Uri, membro do time de atletas da empresa Kpaloa. No feminino, a gaúcha Joselaine Amorim superou as demais concorrentes e ficou com o título brasileiro pela segunda vez na carreira. Assim como Uri, Joselaine também é integrante do Kpaloa Team.

Aos 34 anos de idade e campeão mundial de bodyboarding em 2008, Uri teve uma disputa intensa até a glória na temporada 2019. Na última etapa, encarou condições ruins para o surfe, como mar pequeno e vento forte, além de concorrentes de alto nível ao título. Despachando os adversários, Uri faturou ainda o título da etapa em Linhares.

“É muito bom sentir o gosto do título brasileiro novamente. O campeonato ficou alguns anos sem rolar, eram 11 anos sem conquistar o título, então a saudade estava grande. É uma conquista muito especial para mim. Tive que enfrentar a nova geração, uma galera muito boa. O mar e o vento não estavam ajudando muito, mas deu tudo certo. Treinei muito para erguer esse troféu novamente”, comemorou o pentacampeão.

Natural de Salvador, na Bahia, onde vive e treina, Uri Valadão encontrou em Linhares condições semelhantes ao que ele tem na “Boa Terra”. “O mar e o vento estavam bem parecido com o que tenho em Salvador, então isso me favoreceu. Treino muito, sou um cara muito dedicado, e por isso me sinto à vontade para qualquer condição de mar”, avisou.

Experiente e com longo caminho ainda pela frente

Uri Valadão nem pensa em aposentadoria no bodyboarding. Feliz aos 34 anos, ele ainda pensa em ter muitos anos de carreira. “Eu me sinto muito bem hoje, até melhor do que eu era no ano em que fui campeão mundial (2008). Estou mais experiente, mais confiante, e isso você vai adquirindo com o tempo, com os ensinamentos que o mar te dá. O bodyboarding me rejuvenesce. Tenho prazer em treinar todos os dias, me faz muito bem. Quero ter muitos anos ainda competindo”, explicou.

Sobre Kpaloa

A Kpaloa é uma empresa 100% brasileira, que desde 1983 é especializada na produção de nadadeiras de superfície de alta performance, formuladas com borracha vulcanizada de superior qualidade, nos seguimentos de bodyboarding, bodysurfing, natação, salvamento e resgate. A Kpaloa patrocina e apoia iniciativas que fomentam o esporte no Brasil, dona de um time de atletas profissionais excelência. Além disso, a Kpaloa vai além da produção de nadadeiras. A empresa neutraliza o carbono emitido em sua produção e logística por meio de plantio de seringueiras em território nacional.

Comentários

Galerias | Mais Galerias