#competição #surf 
São Francisco do Sul - Santa Catarina - Brasil por Swell Eventos

Brasileiro de Surf em São Chico

Uma das cidades mais surfe de Santa Catarina receberá etapas dos Circuitos da CBS (Confederação Brasileira de Surf): o Circuito CBSurf Junior Tour nos dias 24 e 25/08; e o Circuito CBS PRO Surf Tour nos dias 31/08 e 1e/09.

Previsão Surfguru de águas rasas para a Prainha de São Chico - SC 

A Prainha (praia da Saudade), situada em São Francisco do Sul, extremo norte catarinense, será o palco. Apresentados pela marca Silverbay e patrocinados pela Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, os eventos reunirão a elite da categoria de base e dos atletas profissionais brasileiros.

A realização dos eventos está a cargo da FECASURF (Federação Catarinense de Surf), com o apoio da ASP (Associação de Surf da Prainha) e da Swell Eventos. A Pró-Ilha Surfboards já confirmou apoio no evento, assim como a marca Lord of the Sea e o Studio DoZero.

2° ETAPA DO CIRCUITO CBSURF JUNIOR TOUR 2019

Este Circuito é uma competição entre as Seleções Estaduais da categoria de base do surfe brasileiro. Em 2018, São Chico também recebeu este evento, presenciando a vitória da equipe catarinense no quintal da sua casa.

O Circuito 2018 foi vencido pela equipe catarinense, de forma invicta, ganhando as três etapas disputadas pelo litoral brasileiro, deixando a equipe paulista em segundo lugar. Na terceira colocação ficou a equipe da Paraíba, na quarta a equipe do Rio Grande do Norte e na quinta a equipe do Rio de Janeiro.

Esta é a segunda de três etapas do Circuito 2019, que determinarão os atletas que participarão da Seleção Brasileira de Surf Pro Junior. Esta seleção defenderá o país no Mundial Pro Junior (ISA World Junior Surfing Championship) no final do ano, nos Estados Unidos. A CBS irá custear a viagem destes atletas.

A primeira etapa de 2019 foi realizada na praia da Tiririca, em Itacaré (Bahia), onde a equipe de São Paulo foi grande vencedora (com 5.520 pontos), deixando a equipe de Santa Catarina (atual Campeã do Circuito em 2018) com a segunda colocação (5.080 pontos). A equipe baiana ficou com o terceiro lugar (4.038 pontos) e a carioca com o quarto (3.380 pontos).

Para Reiginaldo Ferreira, Presidente da FECASURF: “nós temos a expectativa de em casa recuperar a liderança com que fechamos o ano de 2018, pela facilidade de ser realizada no nosso Estado, reduzindo assim os nossos custos e nos possibilitando colocar mais atletas, além dos nossos surfistas conhecerem bem as ondas”.

Este Circuito é focado na formação de atletas de base menores de 18 anos de idade, possuindo as seguintes categorias: Masculino Sub18; Masculino Sub16; Masculino Sub14; Feminino Sub18; Feminino Sub16.

CBS PRO SURF TOUR

O CBS Pro Surf Tour 2019 definirá os Campeões Brasileiros Profissionais da temporada. Em 2018, Jadson André e Larissa Santos sagraram-se os Campeões Brasileiros Profissionais da CBS.

Serão cinco etapas, em diferentes estados brasileiros: Ceará, Santa Catarina, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo. A primeira etapa foi realizada em maio, na praia do Futuro (Fortaleza, Ceará). Como premiação, o evento dará R$40.000,00 para cada categoria: masculina e feminina.

A primeira etapa foi vencida pelo Cearense local Arthur Silva, e em segundo ficou o conterrâneo e Campeão Estadual Charlie Brown. O paulista Marco Correa terminou em terceiro, com o Pernambucano Tiago Silva em quarto.

Já na categoria Feminina, a carioca Taís de Almeida foi a grande campeã, seguida das paulistas Camila Cássia e Júlia Santos. A cearense atual Campeã Brasileira Larissa dos Santos ficou em quarto.

“Há uma grande importância do CBSurf estar indo à Santa Catarina, uma das maiores potências do surfe no Brasil. É importante que a gente tenha etapas sempre em Santa Catarina, que mostra que tem bons talentos, não só na nova geração, mas também no Circuito Profissional. Então a CBSurf tem o maior prazer em, junto com a FECASURF, fazer estes dois eventos”, conclui Adalvo Argolo, Presidente da CBS.

SÃO FRANCISCO DO “SURFE”

A cidade fica no litoral norte de Santa Catarina, com transporte rodoviário disponível a partir dos aeroportos de Joinville (47km), Navegantes (95km), Florianópolis (195km) e Curitiba (176km). A organização do evento divulgará em breve uma relação de hotéis e pousadas parceiras do evento, assim como restaurantes.

São Chico é uma cidade muito acostumada em receber surfistas, já que possui algumas das praias mais constantes em relação às ondas para a prática do surfe. Os surfistas locais são bastante ativos nas causas socioambientais da região, como no movimento #SumidoroFree, que luta pela conservação da Bahia da Babitonga e pela preservação da onda do Sumidouro.

Ao lado da Prainha (local da competição) existe o Parque Estadual Acaraí, que busca garantir a preservação de áreas de valor cênico, de relevância em biodiversidade e do mais importante remanescente contínuo de ecossistemas costeiros em Santa Catarina, formados pela restinga da Praia Grande.

A Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul também é muito proativa em causas socioambientais. Em 2018, durante um evento de surfe na Prainha, aderiu à Campanha Mares Limpos, da ONU (Organização das Nações Unidas), comprometendo-se em executar ações de combate ao lixo nos oceano.

INSCRIÇÕES E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL

Maiores informações sobre as inscrições poderão ser encontradas no site da CBS (www.cbsurf.com.br).

Os eventos contarão com Sistema de Gestão Ambiental aplicado por profissional tecnicamente e legalmente habilitado. A estrutura será montada no calçadão, longe das dunas frontais. Será executado um sistema de gerenciamento dos resíduos, com coleta seletiva e redução de uso de descartáveis por meio de uma parceria com a empresa Meu Copo Eco.  A educação socioambiental já é consolidada nos eventos de surfe do litoral catarinense.

Comentários

Galerias | Mais Galerias