#competição #surf 
São Francisco do Sul - Santa Catarina - Brasil por Swell Eventos

2ª etapa do Circuito CBSURF Junior Tour 2019

Evento será realizado nos dias 24 e 25 de agosto, em São Francisco do Sul, extremo norte de Santa Catarina. A Prainha (praia da Saudade) será o palco! As inscrições estão esgotadas desde o dia 09, mostrando o sucesso deste evento!

Previsão Surfguru de águas rasas para a Prainha de São Chico - SC

Este Circuito é uma competição entre as Seleções Estaduais da categoria de base do surfe brasileiro. Em 2018, São Chico também recebeu este evento, presenciando a vitória da equipe catarinense no quintal da sua casa.

METODOLOGIA DE COMPETIÇÃO

A metodologia deste confronto tem um formato único e tradicional. Além de cinco títulos individuais por categoria, a equipe de cada estado busca se tornar campeão da etapa e ser líder nacional. Para isso, depende dos pontos de sete surfistas da sua delegação, quando devidamente uniformizada, portando a bandeira do estado e tendo como quadro mínimo de um atleta em cada uma das categorias.

Este Circuito é focado na formação de atletas de base menores de 18 anos de idade, possuindo as seguintes categorias: Masculino Sub18; Masculino Sub16; Masculino Sub14; Feminino Sub18; Feminino Sub16.

Esta é a segunda de três etapas do Circuito 2019. A próxima etapa está prevista para os dias 28 e 29 de setembro, no pico Mar do Macaco, Intermares, Município de Cabedelo, na Paraíba. Este Circuito determina os atletas da Seleção Brasileira de Surf Pro Junior.

Esta seleção defenderá o país no Mundial Pro Junior (ISA World Junior Surfing Championship) no final do ano, nos Estados Unidos. “A Confederação Brasileira de Surf já confirma que neste ano irá custear todos os custos dos atletas para irem ao Mundial Junior, na Califórnia”, garante o Presidente da CBS Adalvo Argolo.

DISPUTAS ENTRE EQUIPES

Em 2018, o domínio do Circuito foi de Santa Catarina, que venceu todas as etapas. Em 2019 a equipe catarinense iniciou perdendo a liderança para a equipe de São Paulo, que venceu a primeira etapa, porém SC está muito bem representada, principalmente pelo fato de parte da equipe ser local de São Chico e da região.

O Técnico da Equipe SC, Balu Schoerder, reside na praia ao lado (Barra do Sul), e também é um conhecedor da onda da Prainha. Após a derrota na primeira etapa, Balu declarou “Pode ter certeza que a gente vai buscar”. Em entrevista posterior ao Blog Surfe Mais, Balu complementou: “agora é colocar a cabeça no lugar, pra conseguir recuperar a liderança novamente”.

Após garantir um grande resultado na primeira etapa na praia da Tiririca (Itacaré, Bahia), a equipe de São Paulo busca defender a liderança na terra do seu maior rival. Para o Chefe de Equipe de São Paulo, Marcio Cebola:

“Santa Catarina vem forte, como a principal força do torneio, mas, esse ano na primeira etapa São Paulo chegou forte, a equipe estava bem consistente. Vencemos, pra nós foi um mérito de superação e garra, foi a vez em que a equipe estava mais unida, citando a força do Instituto Gabriel Medina (IGM), que vão com os seus atletas e técnicos, tendo a oportunidade de trabalharmos juntos, dando uma liga. Esta etapa da Bahia foi especial, por esta união e por termos quebrado essa sequência de vitórias de Santa Catarina, que estava dominando”, conta Cebola.

“Santa Catarina vai vir forte porque está competindo em casa, eles são fortes lá, eles conhecem o pico, tem atletas locais e vão vir com um time forte, querendo recuperar a liderança. São Paulo está com a mesma equipe que foi pra Bahia, e as expectativas são boas, nós temos atletas de altíssimo nível e a equipe está forte e, com todo o respeito, nós vamos para brigar pelo título!”, finaliza o Chefe da Equipe SP.

Ranking 2019, após a 1° etapa:

1º- São Paulo - 1000 pontos

2º- Santa Catarina – 860 pontos

3º- Bahia – 730 pontos

4º- Rio de Janeiro – 670 pontos

5º- Paraíba – 610 pontos

6º - Rio Grande do norte – 583 pontos

7º - Ceará – 555 pontos

8º - Paraná – 528 pontos

9º - Pernambuco – 500 pontos

10º - Sergipe – 488 pontos

DISPUTA ENTRE ATLETAS

Individualmente, os atletas que mais se destacaram no Circuito 2018 foram: Mateus Sena, do Rio Grande do Norte, que unificou os títulos das categorias Sub16 e Sub18; a carioca Julia Duarte, Campeã Sub18; a catarinense Bicampeã Sub16 Tainá Hinckel; e o local de São Francisco do Sul Heitor Muller, que ganhou a Sub14.

Neste ano a categoria Masculina Sub14 está sendo liderada pelo paulista Ryan Kainalo, seguido pelo paraibano Yuri Barros e pelo também paulista Guilherme Fernandes. O baiano Rayan Fadul ocupa a quarta colocação.

Uma paulista também lidera a categoria Feminina Sub16, Isabela Saldanha.  A segunda e a quarta colocação também são ocupada por paulistas, Sophia Medina e Kemily Sampaio ocupam as posições, respectivamente, sendo separadas pela carioca Mariana Areno, que ficou em terceiro lugar.

Já a categoria Masculina Sub16 está sendo dominada pelos catarinenses, com Leo Casal liderando o ranking. Luiz Mendes e Arthur Romão ocupando a terceira e quarta colocação, respectivamente. O paranaense Kainan Meira está em segundo.

A região sudeste brasileira está muito bem representada na categoria Feminina Sub18, com duas cariocas liderando o ranking, Júlia Duarte na primeira colocação e Majú Freitas na segunda. Duas Sophias paulistas ocupam a terceira e quarta colocação, Sophia Medina e Sophia Gonlçaves, respectivamente.

Já na categoria Masculina Sub18, Lucas Vicente, do Rio Grande do Norte, lidera o ranking, seguido do catarinense Leo Casal (que lidera a Sub16). O paulista Ryan Kainalo está em terceiro e o atual Campeão Sub14 Heitor Muller em quarto.

SÃO FRANCISCO DO “SURFE”

A cidade fica localizada no litoral norte de Santa Catarina, com transporte rodoviário disponível a partir dos aeroportos de Joinville (47km), Navegantes (95km), Florianópolis (195km) e Curitiba (176km). A organização do evento divulgará em breve uma relação de hotéis e pousadas parceiras do evento, assim como restaurantes.

GESTÃO SOCIOAMBIENTAL

Os eventos contarão com Sistema de Gestão Ambiental aplicado por profissional tecnicamente e legalmente habilitado. A estrutura será montada no calçadão, longe das dunas frontais. Será executado um sistema de gerenciamento dos resíduos, com coleta seletiva e redução de uso de descartáveis por meio de uma parceria com a empresa Meu Copo Eco.  A educação socioambiental já é consolidada nos eventos de surfe do litoral catarinense.

REALIZAÇÃO

A realização é da FECASURF (Federação Catarinense de Surf), da ASP (Associação de Surf da Prainha) e da Swell Eventos. A Prefeitura de São Francisco do Sul patrocina o evento apresentado pela marca Silverbay. A Pró-Ilha Surfboards já confirmou apoio, assim como a marca Lord of the Sea e o Studio DoZero.

Comentários

Galerias | Mais Galerias