#competição #educação #surf 
São Sebastião - São Paulo - Brasil por Fábio Maradei

Guilherme Silva é favorito em mais uma decisão em Maresias

Atual campeão brasileiro e paulista universitário de surf, Guilherme Silva é o favorito em mais uma decisão da categoria, na Praia de Maresias.

Atual campeão brasileiro e paulista universitário de surf na categoria open, o guarujaense Guilherme Silva é novamente o favorito em mais uma decisão na Praia de Maresias, em São Sebastião. O aluno do curso de Administração de Empresas na Faculdade Don Domênico vem de vitória em Ubatuba na abertura do Circuito Paulista Universitário de Surf, no final de setembro, e chega como um dos grandes cotados para repetir a dose, no mesmo cenário que o consagrou no ano passado.

Previsão de águas rasas para Maresias - SP

“As expectativas são as melhores sempre. Espero poder ter a oportunidade de mostrar o meu surf durante todo o evento”, afirma o surfista de 21 anos, que tem boas recordações de Maresias. “Gosto muito de surfar lá, mas não competi muitas vezes. Na verdade, somente duas e com duas vitórias. Além do universitário no ano passado, fui campeão júnior no VQS em 2014. Então só grandes momentos em Maresias”, comenta.

Para ele, as conquistas universitárias no ano passado foram símbolo de uma retomada em alto nível do surf, depois da recuperação da cirurgia no joelho. “Ter conquistado esses dois títulos teve o significado de confiança. Foi o ano que eu voltei às competições e, com certeza, ficará marcada na minha vida”, conta Guilherme.

“Fiquei seis meses sem surfar e competir. Na época, me prejudicou psicologicamente, mas graças a Deus e ao meu preparador físico Ronaldo Souza, hoje posso dizer que meu joelho está 100%”, relata o surfista, que se considera um aluno esforçado no curso de Administração. “Não sou o mais inteligente, mas estudo para ser bom. Futuramente pretendo atuar na área, porque sei que temos de ter um segundo plano sempre”, explica.

Além de competir e buscar o novo título, Guilherme Silva terá outro importante compromisso no evento, acompanhar a namorada e também surfista Renata Pazenboeck, aluna de Educação Física na Unaerp, e que foi sétima colocada na etapa inicial. “Com certeza, irei atuar como técnico, tentar passar um pouco do meu conhecimento para ela”, conclui.

Além da open, para atletas que estudam em instituições no litoral, o 20º Circuito Paulista de Surf Universitário definirá os campeões nas categorias paulistana (para surfistas que estudam na capital e interior), feminina e formandos (para competidores já formados). Outras atrações serão o tag team, revezamento entre equipes de faculdades, e a Expression Session, valendo a manobra mais radical na bateria.

Junto às disputas nas ondas, o evento conta com diversas atividades gratuitas na areia, promovendo uma grande integração entre atletas e público em geral, como slackline, cama elástica, vôlei de praia, yoga e ping pong. Também customização de ecobags, balance boards, simulador de surf, aerosurf, ping pong, mesa ball, cabo de guerra, mutirão de limpeza, além da possibilidade de test drive de pranchas e quilhas no mar. Para completar, a escolha da Garota Universitária e a festa à noite, para comemorar duas décadas do Circuito.

O 20º Circuito Paulista Universitário de Surf é uma promoção do Ibrasurf e da Flux Experiences & Entertainment. Projeto realizado através da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Governo do Estado de São Paulo. Patrocínios da Quiksilver, 51 Ice e Decathlon, com apoios da Roxy, Kanaloa, Surfing Village, Cabañas Paraty e Moosse. Apoio de mídia: Off e Waves. Realização da Associação Paulista de Surf Universitário, em parceria com a Federação Paulista de Surf, Prefeitura Municipal de São Sebastião, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e Associação de Surf de Maresias (ASM).

Mais informações: www.ibrasurf.com.br e nas redes sociais facebook.com/ibrasurfoficial e instagram.com/ibrasurf/.

Comentários

Galerias | Mais Galerias