#competição #surf 
Itacaré - Bahia - Brasil por Raiana Monteiro

Dominic Barona e Chloé Calmon vencem o Neutrox Weekend

Campeãs no Feminino Profissional e no Longboard, surfistas confirmam favoritismo. Itacaré se despede do evento unificado em grande estilo.

Foi mais um dia perfeito de sol, boas ondas e praia cheia no Neutrox Weekend – etapa Itacaré, evento exclusivamente feminino com disputas válidas pelos rankings do World Surf League Qualifying Series (QS), sul-americano da WSL South America e Tour Abrasp 2018. Confirmando o favoritismo desde as primeiras baterias, a equatoriana Dominic Barona levou a melhor na categoria Feminino Profissional e a Longboarder Chloé Calmon faturou o troféu de campeã nos pranchões neste domingo (22).

“Estou super feliz e dou graças a Deus por conseguir o resultado que vim buscar aqui no Brasil. A verdade é que já me senti vitoriosa quando cheguei aqui em Itacaré. Eu me apaixonei por esse lugar, é muito charmoso, as pessoas vivem uma boa vida aqui. Queria agradecer a todas as pessoas que me apoiaram e a todo amor que recebi dos locais, que me fizeram sentir como se eu tivesse em casa”, disse a extasiada Dominic.

“Eu estou muito feliz de ter conseguido a vitória aqui em Itacaré. O dia está lindo, tem altas ondas, as meninas estão quebrando. Eu fico feliz por participar de um evento tão importante quanto esse, de empoderamento feminino, que fortalece cada vez mais o surf feminino no Brasil. A gente tem muitos talentos em todo o litoral. Mais do que uma vitória pessoal, hoje foi dia de ver que a gente está caminhando em prol da evolução do esporte e tenho certeza de que esse movimento vai crescer cada vez mais”, declarou Chloé, que pela primeira vez surfou em ondas baianas e já levou o título pra casa.

O dia rolou novamente com atividades paralelas fora d´água. A programação teve início com aula de Yoga e sequência com nova roda de conversas sobre empoderamento feminino liderada pela Secretaria de Desenvolvimento Social de Itacaré, em parceria com o Coletivo Empodere. Também levaram muito axé para o evento um grupo de capoeira, que se apresentou na Arena Neutrox, bem atrás do palanque.

Por volta de 10h, as quartas-de-final da categoria Feminino Profissional entrou na água em formato de disputas mulher a mulher. O destaque da rodada foi o duelo entre Camila Cássia, defensora do título do Neutrox Weekend de 2017, e Taina Hinckel, jovem promessa do surf nacional, com apenas 15 anos, na última bateria da fase. Segundos antes da buzina soar, Camila pegou uma onda para tentar reaver a liderança, que se alternou entre as duas competidoras durante todo o confronto, mas não conseguiu por apenas 5 décimos. Taina então avançou para a semi e se juntou a Dominic Barona, Karol Ribeiro e Taís de Almeida, que tinham vencido os embates anteriores.

A primeira semi foi um encontro entre Dominic e Karol Ribeiro. As duas atletas surfaram ondas na casa dos 5 pontos, em um momento um pouco mais difícil do mar, mas a diferença veio na segunda nota. Enquanto Mimi, como Dominic é chamada por suas colegas de Tour, somava um 5 e um 5,9 pontos, Karol parou com 5,5 e 3,9, que não conseguiu trocar. Melhor para a equatoriana, a primeira a garantir vaga na finalíssima.

Na sequência, Taís de Almeida e Taina Hinckel travaram outro duelo lá e cá. Mais uma vez a diferença ficou nos menores detalhes das duas ondas somadas. Na matemática final, Taina anotou 9,25 pontos, enquanto a local de Saquarema totalizou 9,05 pontos.

Antes da grande decisão do Feminino Profissional entrar em ação, a final do Longboard foi para dentro d´água. Apostando nas esquerdas, Chloe escolheu bem suas ondas e caminhou com elegância em cima do pranchão para assumir a liderança da bateria, lugar de onde não saiu desde meados do confronto até seu término. Ela somou 5,65 e 7,5 pontos e se manteve tranquila no topo. A cereja do bolo foi outra esquerda de Chloé, que começou com uma bela rasgada e terminou com um hang ten, após trabalhar com maestria até o inside. Jasmin Avelino também protagonizou uma bela performance e foi a vice-campeã. Anne dos Santos e Yanca Costa, essas duas últimas também competidoras do Feminino Pro no Neutrox Weekend – etapa Itacaré, terminaram em terceiro e quarto, respectivamente.

Hora da finalíssima do Feminino Pro. De um lado, a maior promessa do surf nacional. Do outro, a grande favorita do evento. A brasileira Taina Hickel somou suas duas maiores notas logo em suas duas primeiras ondas: 5,25 e 4 pontos. Enquanto isso, a equatoriana investia em ondas fechadas, e tudo parecia indicar um desfecho verde e amarelo na Praia da Tiririca. No entanto, com dificuldades para trocar seus 4 pontos, Taina surfou cinco outras ondas, mas não passou da casa dos 3,6. Enquanto isso, Dominic se achou na vala e, somando 6,5 e 5,05, administrou o resultado até o fim e saiu de Itacaré com o troféu de campeã do Neutrox Weekend.

Muito sorridente, a equatoriana foi carregada até o pódio, onde recebeu o abraço de sua amiga pessoal, a surfista e embaixadora Neutrox, Silvana Lima. A festa da premiação foi grande e o evento foi encerrado com chave de ouro ao ritmo das meninas do grupo de percussão local, Dedo de Moça.

O Neutrox Weekend 2018 é um circuito multiesportivo realizado pela Abrasp em parceria com a Neutrox. O evento unificado também foi válido pelos rankings World Surf League Qualifying Series (QS), Sul-Americano WSL South America e Tour Abrasp 2018. A etapa de Itacaré (BA) contou ainda com apoios da Prefeitura Municipal de Itacaré, Federação Baiana de Surfe e Associação de Surf de Itacaré. O hotel oficial da etapa foi o Ecoporan Hotel Charme Spa & Eventos.

Comentários

Galerias | Mais Galerias