#meio ambiente 
por Jonathan White

12 Fatos Surpreendentes sobre as Marés

Em seu recente livro "Marés: A Ciência e o Espírito do Oceano", o escritor, marinheiro e surfista Jonathan White leva os leitores ao redor do globo para descobrir o que está por trás das marés oceânicas.

Todos nós sabemos um pouco sobre as marés, principalmente em quais os nossos picos preferidos funcionam. Além disso o conhecimento médio dos surfistas é um pouco opaco. E por uma boa razão. É um assunto assustador, pois existem mais de 400 ciclos astronômicos que influenciam a maré. Jonathan compartilha conosco abaixo de doze fatos surpreendentes sobre as marés:

1) A maré é uma onda muito grande, muito longa que percorre o mundo a 450 milhas por hora. Não tem começo nem fim. A subida e queda gradual de 12 horas que vemos na praia é a passagem da onda, primeiro a sua crista e depois a sua calha.

2) Os poços de água bem no interior, há 100 quilometros da costa, muitas vezes flutuam a sua produção de água com as marés, produzindo mais água durante as marés cheias e menos água durante as marés secas.

3) Quando as águas do Mar Vermelho se abriram para permitir que Moisés e os filhos de Israel escapassem do Egito, pode ter sido um evento de maré, cronometrado perfeitamente por Moisés, que viveu perto do Mar Vermelho e sabia que em uma maré de primavera extrema haveria uma passagem seca. Ele pode, de fato, ter programado seu êxodo precisamente para que os Hebreus pudessem atravessá-lo, mas a maré encheria rapidamente, enquanto o Faraó e seu exército perseguidor estavam no meio do caminho. O Faraó, que vivia no Nilo sem marés, não estaria familiarizado com as marés do Mar Vermelho.

4) Há cerca de três Terawatts de potência nas marés do oceano - três vezes o consumo de energia diária do mundo.

5) As marés criam atrito - muito - quando passam sobre o fundo do oceano. Uma parte dessa energia é dissipada pelo calor, como quando você esfrega as suas mãos. Mas a maior parte dessa energia é transferida para atuar como freio de rotação da Terra. A terra gira mais lentamente uma ínfima quantidade todo dia, e os dias estão crescendo em tempo por causa da maré.

6) As cartas de maré se repetem a cada 18,6 anos.

7) O livro que deixou Galileu em apuros com a igreja católica foi originalmente intitulado: O Fluxo e Refluxo do Mar. Galileu usou o movimento das marés no oceano como prova de que a terra se movia, e conseqüentemente não era o centro do universo. Sua teoria das marés, a propósito, estava completamente errada, mas por causa disso foi condenado à prisão domiciliar até o fim de seus dias.

8) No século XIII, Leonardo Da Vinci acreditava que as marés eram causadas pela respiração de uma besta gigante e tentou calcular o tamanho de seu pulmão.

9) Os oceanos ressoam com as vibrações da lua e do sol, assim como um corpo de guitarra ressoa quando uma corda é tocada. Muita ressonância cria uma maré maior; Menos ressonância cria uma maré menor. George Darwin, filho do famoso evolucionista, especulou que a ressonância das marés era tão forte no início da história da Terra que lançou um pedaço de terra para fora do fundo do Oceano Pacífico para o espaço. Esse pedaço de terra foi capturado pelo campo gravitacional da Terra e se transformou na lua.

10) A maior pororoca do mundo - algumas vezes atingindo 1,80m de altura - está no rio Qiantang, na China. O Dragão de Prata ocorre no Qiantang a cada maré, todos os dias, por 2.500 anos.

11) 160 bilhões de metros cúbicos de água entra e sai da baía de Fundy durante um ciclo de maré médio de 12 horas. Isso é quatro vezes a saída de todos os rios do mundo na mesma quantidade de tempo.

12) As forças astronômicas que causam a maré (as gravidades da lua e do sol) não afetam somente o oceano. Suas forças gravitacionais produzem o movimento das marés por toda parte, incluindo a terra sólida, a atmosfera e até mesmo em sua xícara de café da manhã.

Fonte:Jonathan White Writer

Comentários

Galerias | Mais Galerias