#competição #surf 
Sydney - Nova Gales do Sul - Austrália por Redação Surfguru

Sul-americanas saem da briga do título mundial na Austrália

A brasileira Tainá Hinckel e a argentina Josefina Ane perderam a segunda chance de classificação para a terceira fase do World Surf League Junior Championship na sexta-feira em Kiama.

Previsão Surfguru para Kiama - NSW

Site do evento

A brasileira Tainá Hinckel e a argentina Josefina Ane saíram da disputa do título do World Surf League Junior Championship 2016 na Austrália. A sexta-feira amanheceu com ondas pequenas de meio metro de altura em Bombo Beach e a terceira fase masculina foi adiada, mas as meninas disputaram a primeira rodada eliminatória da competição que define os campeões mundiais da categoria para surfistas com até 18 anos de idade. O time sul-americano da WSL South America ainda está na briga pelo último título mundial de 2016, com os brasileiros Weslley Dantas e Mateus Herdy e o peruano Alonso Correa. 

A catarinense Tainá Hinckel, de apenas 13 anos de idade, ficou muito perto da classificação para a terceira fase. A bateria foi fraca de ondas e ela e a norte-americana Caroline Marks só conseguiram surfar as duas que são computadas no resultado. A atual campeã sul-americana Pro Junior da WSL South America começou bem com nota 5,17, mas sua oponente pegou duas antes dela que valeram 4,60 e 4,07. Tainá precisava então de 3,50 para vencer e pegou uma onda nos últimos segundos que só rendeu uma manobra. Dois dos cinco juízes acharam que valia a vitória, mas a média da nota ficou em 3,23 e o placar em 8,67 a 8,40 pontos. 

"As ondas realmente diminuíram muito nessa bateria", disse Caroline Marks. "Nós duas só tivemos duas chances para surfar e fiquei muito preocupada no final, porque ela (Tainá Hinckel) tinha a prioridade (de escolha da próxima onda) e pegou uma onda. Eu estava muito nervosa esperando para ouvir a sua nota e fiquei muito feliz por conseguir a vitória".

Diferente de Tainá Hinckel, que ainda terá outras oportunidades para tentar trazer um inédito título Pro Junior feminino para a América do Sul, a argentina Josefina Ane se despediu da categoria na sexta-feira, pois já completou o limite de 18 anos de idade. Ela competiu no último confronto do dia e não achou nenhuma onda boa para mostrar o seu surfe em Bombo Beach. A japonesa Minori Kawai teve mais sorte nas difíceis condições do mar, começou bem com nota 5,83 e venceu fácil por 10,50 a 4,53 pontos a briga pela última vaga para a terceira fase.

As meninas agora já vão disputar classificação para as quartas de final do World Surf League Junior Championship 2016 na Austrália. As seis surfistas que estrearam com vitórias na quarta-feira e as seis que aproveitaram a segunda chance na sexta-feira, foram divididas em quatro baterias na terceira fase. As duas primeiras colocadas em cada uma delas avançam para as quartas de final e as que ficarem em último terminam em nono lugar na competição. 

O World Surf League Junior Championship ainda tem prazo até a próxima sexta-feira, 13 de janeiro, para definir os últimos títulos mundiais de 2016 e a primeira chamada do sábado foi marcada para as 7h30 na Austrália, 18h30 da sexta-feira no fuso de Brasília, com transmissão ao vivo pelo www.worldsurfleague.com 

TERCEIRA FASE MASCULINA - A chamada é para as duas categorias e se a comissão técnica decidir começar pela terceira fase masculina, dois sul-americanos vão disputar os primeiros confrontos do dia. O peruano Alonso Correa enfrenta o francês Marco Mignot na primeira bateria e o brasileiro Mateus Herdy entra na segunda com o norte-americano Kei Kobayashi. Já o atual campeão sul-americano Pro Junior da WSL South America, Weslley Dantas, está na nona bateria com o australiano local de New South Wales, Sandon Whittaker. A vitória na terceira fase vale vaga na rodada classificatória para as quartas de final.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com

-----------------------------------------------------------

Por João Carvalho - WSL South America Media Manager

(48) 999-882-986 - jcarvalho@worldsurfleague.com 

-----------------------------------------------------------

WORLD SURF LEAGUE JUNIOR CHAMPIONSHIP 2016: 

TERCEIRA FASE MASCULINA - Vitória=Quarta Fase e Derrota=13.o lugar com 1.750 pontos:

1.a: Alonso Correa (PER) x Marco Mignot (FRA)

2.a: Mateus Herdy (BRA) x Kei Kobayashi (EUA)

3.a: Jake Marshall (EUA) x Jordy Maree (AFR)

4.a: Cody Young (HAV) x Quinn Bruce (AUS)

5.a: Harley Ross-Webster (AUS) x Taichi Wakita (JPN)

6.a: Ethan Ewing (AUS) x Joh Azuchi (JPN)

7.a: Griffin Colapinto (EUA) x Lucas Wrice (AUS)

8.a: Nolan Rapoza (EUA) x Reef Heazlewood (AUS)

9.a: Sandon Whittaker (AUS) x Weslley Dantas (BRA)

10: Noa Mizuno (HAV) x Luis Diaz (CNY)

11: Yuji Mori (JPN) x Che Allan (BRB)

12: Finn McGill (HAV) x Adin Masencamp (AFR)

TERCEIRA FASE FEMININA - 1.a e 2.a=Quartas de Final e 3.a=9.o lugar com 4.000 pontos: 

1.a: Kobie Enright (AUS), Caroline Marks (EUA), Minori Kawai (JPN)

2.a: Mahina Maeda (HAV), Brisa Hennessy (HAV), Leilani McGonagle (CRI)

3.a: Teresa Bonvalot (PRT), Zoe McDougall (HAV), Alyssa Spencer (EUA)

4.a: Macy Callaghan (AUS), Ariane Ochoa (ESP), Lucy Callister (AUS)

RESULTADOS DA SEXTA-FEIRA NAS ONDAS DE BOMBO BEACH, EM KIAMA: 

SEGUNDA FASE FEMININA - Vitória=Terceira Fase e Derrota=13.o lugar com 1.750 pontos:

1.a: Lucy Callister (AUS) 9.00 x 8.93 Minami Nonaka (JPN)

2.a: Alyssa Spencer (EUA) 13.00 x 7.10 Maddie Peterson (EUA)

3.a: Caroline Marks (EUA) 8.67 x 8.40 Tainá Hinckel (BRA)

4.a: Ariane Ochoa (ESP) 10.04 x 7.16 Kirsty McGillivray (AFR)

5.a: Leilani McGonagle (CRI) 9.33 x 6.84 Sophie Bell (AFR)

6.a: Minori Kawai (JPN) 10.50 x 4.53 Josefina Ane (ARG)

Comentários

Galerias | Mais Galerias